Saiba quais alimentos são "amigos" ou "inimigos" da saúde no combate ao colesterol



Controle dos níveis de colesterol diminui riscos de infarto

Na próxima segunda-feira (08/08) é o Dia Nacional de Combate ao Colesterol. A nutricionista e professora do curso de Gastronomia da Estácio FIB, Joseni Lima, dá algumas dicas de como controlar o colesterol a partir de uma alimentação saudável.

“O colesterol é uma lipoproteína, sendo que o LDL, conhecido como mau colesterol, possui baixa densidade e por isso pode se acumular nas paredes das artérias. Já o HDL, o bom colesterol, é responsável por eliminar o excesso de LDL do sangue”, explica a professora.


De acordo com Joseni, ambos são importantes e devem estar ajustados a níveis adequados no organismo. “O desajuste nos níveis de colesterol no organismo contribui para o desenvolvimento da placa de aterosclerose, que é uma das principais causas de infarto do miocárdio”, alerta.


O consumo excessivo de gordura saturada e trans é um dos responsáveis por elevar o nível do LDL e baixar o HDL. “O consumo em demasia de carnes vermelhas, queijos amarelos, ovos, doces e frituras são os maiores responsáveis pelos altos índices de colesterol”, afirma a nutricionista.

Para elevar os níveis de HDL no sangue, Joseni recomenda o consumo de cereais integrais, hortaliças cruas e óleos vegetais como, por exemplo, o azeite de oliva, além da prática diária de atividade física.

A nutricionista também alerta que magreza não é sinal de que os níveis de colesterol estão ajustados. “Pessoas magras também podem ter desequilíbrio nos níveis de colesterol. A elevação do LDL resulta de uma alimentação inadequada, rica em gorduras saturadas, além do sedentarismo”, destaca.
Fonte: simoesfilhoonline 04.08.2016
Gosto? Compartilhe com os amigos:
Share on Google Plus

Sobre o Migre Notícias

A Notícia migrando e inovando cada vez mais...
Postar um comentário