Autoridades suíças proíbem venda de carros Volkswagen a gasóleo no país



As autoridades suíças anunciaram na sexta-feira que proibiram temporariamente a venda de novos carros do grupo Volkswagen a gasóleo, potencialmente equipados com um dispositivo que engana os testes das emissões de gases poluentes
A agência suíça responsável pelo setor dos transportes (Swiss Federal Roads Office) disse que alguns dos 180.000 veículos fabricados pela Audi, Seat, Skoda e Volkswagen entre 2009 e 2014 poderiam estar entre os que falsearam as emissões de gases poluentes.

"Os modelos equipados com motores diesel do tipo 1.2TDI, 1.6TDI e 2.0TDI podem estar equipados com um 'software' capaz de enganar os testes ambientais", disse a agência governamental.

Apesar disso ressaltou que apenas carros projetados para atender às normas de emissão EUR05 foram afetados e não os motores de EUR06.

O anúncio vem na sequência de o grupo Volkswagen ter nomeado o presidente da Porsche, Matthias Mueller, como novo presidente executivo do líder mundial nas vendas de carros.

A escala do escândalo ficou clara quando a Volkswagen admitiu que 11 milhões de seus carros a diesel estão equipados com os chamados dispositivos manipuladores que automaticamente desligam os controlos de poluição quando o carro está a ser conduzido e volta a impedir emissões mais poluentes quando os testes estão a ser realizados.

A agência suíça disse que tinha criado um grupo de trabalho para investigar quais os tipos de veículos vendidos no país que realmente estão equipados com o 'software' manipulador.

O grupo de trabalho tem estado em contacto com os importadores de veículos potencialmente afetados, os departamentos de registo de matrículas estrangeiras, incluindo na Alemanha, bem como outras autoridades suíças, tanto ao nível federal e regional, disse em comunicado.

Fonte: Diário Digital/Lusa 26.09.2015
Gosto? Compartilhe com os amigos:
Share on Google Plus

Sobre o Migre Notícias

A Notícia migrando e inovando cada vez mais...
Postar um comentário