Número 2 do Estado Islâmico é morto no Iraque


Reprodução/Internet
Homem e seu filho são mortos por membros do grupo após não aceitarem renunciar à sua fé

Em comunicado, porta-voz do Conselho Nacional de Segurança diz que Haji Mutazz morreu em ataque com drone

O Estado Islâmico sofreu uma importante baixa nesta semana, afirma a Casa Branca: número 2 na hierarquia do grupo, Haji Mutazz teria sido morto em um ataque aéreo realizado na última terça-feira (18), no Iraque.

De acordo com um comunicado assinado por um porta-voz da Casa Brana, divulgado nesta sexta-feira (21), Mutazz viajava em um carro com um operador da ala midiática do Estado Islâmico – identificado como Abu Abdullah – quando o veículo foi atingido por um ataque feito com drones, próximo à cidade de Mosul.
 
O porta-voz do Conselho Nacional de Segurança dos EUA, Ned Price, confirmou a informação após vários oficiais do exército norte-americano terem denunciado-a a jornalistas, segundo a rede de notícias CNN. "Sua morte vai impactar negativamente nas operações do grupo devido à influência que ele tinha na parte financeira, midiática, de operações e logística no Estado Islâmico", escreve no texto.

Há, no entanto, mistérios que rondam a morte Mutazz, também conhecido por outros nomes, como Fadhil Ahmad al-Hayali. No ano passado, sua morte chegou a ser noticiada por oficiais. Entretanto, parece ter havido um engano em sua identificação na ocasião, segundo fontes de sites internacionais.

Mutazz teria morrido em um ataque baseado no que é chamado de "inteligência contestável", o que significa que o Pentágono sabia onde o líder está em um momento específico.

Fonte: iG 22:08.2015
Gosto? Compartilhe com os amigos:
Share on Google Plus

Sobre o DJ Rodrigues

A Notícia migrando e inovando cada vez mais...
Postar um comentário