População incendeia casa por engano no município de Canindé no Ceará

 
 
A casa do irmão de um suspeito de homicídio foi incendiada, segundo a Polícia, por engano, no bairro de Santa Luzia, em Canindé, a 120 quilômetros de Fortaleza. De acordo com o inspetor da Polícia Civil Delmiro Mendonça, da Delegacia Regional de Canindé, o homem foi acusado de ter segurado Magno Cristiano Alves Ferreira, 29, para que o irmão do acusado, pudesse perfurar no peito e matá-lo. 

Magno Cristiano Ferreira morreu. Como não houve prisão em flagrante ou denúncia formalizada, O POVO opta por não divulgar o nome dos envolvidos por não ter havido prisão em flagrante ou denúncia aceita pela Justiça.


O crime aconteceu no fim da tarde de sábado, 7. De acordo com o inspetor, o suspeito telefonou para a delegacia para assumir o crime, afirmar que o irmão não teve participação e avisar que se entregaria hoje à noite, com um advogado.


O objetivo, segundo o inspetor, é para livrar o flagrante. 
 
 
Ainda de acordo com Mendonça, o homem que assumiu a culpa pelo homicídio afirmou que o motivo do crime se deu porque Magno Cristiano teria “chegado afrontando, fazendo provocações”. Afirmou também que estava bêbado quando cometeu o crime. A Polícia liberou o irmão do suspeito.


 
 
 
 
 
Fonte: O POVO Online 09.05.2016
Gosto? Compartilhe com os amigos:
Share on Google Plus

Sobre o DJ Rodrigues

Acesse a Rádio: http://viberdjs.myl2mr.com/ ___ Acesse o Blog do DJ: http://viberdjs.blogspot.com/ ___ MIGRE NOTÍCIAS: A Notícia migrando e inovando cada vez mais...
Postar um comentário