Pela 1ª vez, Justiça do Reino Unido condena homem por usar drone


Drone usado pela 1ª pessoa a ser condenado pela Justiça do Reino Unido por usar um veículo aéreo não tripulado. (Foto: Divulgação/Polícia Metropolitana de Londres)

Um homem de 42 anos foi condenado pela Justiça do Reino Unido a pagar 2,4 mil libras (o equivalente a R$ 14,4 mil) por usar um drone para produzir imagens aéreas de estádios. A decisão foi emitida na terça-feira (15) e, segundo a polícia de Londres, é o “primeiro processo desse tipo a ter sucesso no Reino Unido”.

O condenado é Nigel Wilson, morador de Bingham, em Nottingham. Segundo a Justiça, ele é o responsável por sete violações a uma regulação de navegação aérea de 2009. Além da multa, ele não poderá nos próximos dois anos comprar, possui, pilotar drones ou sequer auxiliar quem queira controlar um.Segundo a legislação britânica, é proibido sobrevoar multidões, áreas povoadas ou se aproximar de prédios com drones. 
Wilson pilotou seu drone para sobrevoar estádios, edifícios em Londres. Ele ainda não respeitou a regra de se manter 50 metros distante das construções e a de ter os drones sempre à vista. A lista de prédios públicos inclui o Palácio de Westminster, sede do parlamento britânico, e o Palácio de Buckingham.


Nigel Wilson, de 42 anos, primeira pessoa a ser condenado pela Justiça do Reino Unido por usar
um drone.
(Foto: Divulgação/Polícia Metropolitana de Londres)

“Usar drones para voar sobre áreas congestionadas ou prédios podem ser um risco à segurança pública, e Wilson colocou muitas pessoas em risco”, afirmou Nick Aldworth, inspetor-chefe do Comando de Operações Especiais da polícia metropolitana de Londres.

Em setembro de 2014, ele sobrevoou o estádio Anfield, do Liverpool. Os trechos filmados da partida entre o dono da casa e o Ludogorets FC foram publicados em sua conta no YouTube. Ele ainda voou baixo, próximo da multidão, e chegou a passar pelos policiais da cavalaria montada.

A prisão de Wilson ocorreu em dezembro, quando a polícia de Manchester o flagrou pilotando o drone sobre o Etihad Stadium, casa do Manchester City. Ao ser liberado em janeiro, ele foi novamente preso pela polícia de Londres que já conduzia uma investigação jundo da Autoridade de Aviação Civil (CAA, na sigla em inglês) sobre suas atividades aéreas.

“Conforme os drones se tornam amplamente disponíveis, é importante que qualquer um usando esse tipo de aeronave entenda que há regulações estritas e como e onde eles podem voar. E que a polícia, em parceria com a CAA, vai buscar processar qualquer que não seguir essas regras”, afirmou Aldworth.


Fonte: G1 18.09.2015
Gosto? Compartilhe com os amigos:
Share on Google Plus

Sobre o DJ Rodrigues

Acesse a Rádio: http://viberdjs.myl2mr.com/ ___ Acesse o Blog do DJ: http://viberdjs.blogspot.com/ ___ MIGRE NOTÍCIAS: A Notícia migrando e inovando cada vez mais...
Postar um comentário