Corte de gastos: Após Levy e Barbosa, Dilma se reúne com mais ministros no Alvorada



Após passar o dia reunida com os ministros da equipe econômica, a presidente Dilma Rousseff convocou para uma reunião na tarde deste sábado (12) no Palácio da Alvorada os ministros Kátia Abreu (Agricultura), Aldo Rebelo (Ciência e Tecnologia), Antônio Carlos Rodrigues (Transportes), Carlos Gabas (Previdência), Gilberto Kassab (Cidades), Ricardo Berzoini (Comunicações), José Eduardo Cardozo (Justiça) e George Hilton (Esporte), além do seu chefe de gabinete, Giles Azevedo.

O ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil), que acompanhou o encontro mais cedo com os ministros Joaquim Levy (Fazenda) e Nelson Barbosa (Planejamento), também participa do encontro com os demais colegas.

As reuniões não estavam na agenda oficial da presidente e ocorrem em meio à expectativa de uma reforma ministerial que o governo deve anunciar e breve. A assessoria de imprensa do Palácio do Planalto, porém, não informou a pauta da reunião.

Segundo o Blog do Camarotti, apesar da determinação de cortar dez pastas, o governo tem encontrado dificuldade para atingir esse número. O Palácio do Planalto quer fazer esse anúncio até o final da próxima semana.

Orçamento
 
Na semana que vem, o governo deverá anunciar novas medidas para diminuição dos gastos da administração federal, dentro do esforço para reverter o déficit de R$ 30,5 bilhões previsto no Orçamento do ano que vem.

As conversas se intensificaram depois que a agência Standard and Poor's rebaixou a nota de crédito do Brasil e de dezenas de empresas e bancos brasileiros.

No encontro da presidente Dilma com a equipe econômica, também estiverem presentes Jorge Rachid, secretário da Receita, e Marcelo Saintive, secretário do Tesouro.

Na próxima segunda (14), o governo deve anunciar um corte da máquina pública, com uma redução expressiva de despesas para tentar fechar as contas públicas.

Segundo o Blog da Cristiana Lôbo, as medidas incluem também corte nas empresas e cargos, além de renegociação de contratos com prestadores de serviços. Só depois de concluída essa etapa de cortes é que o governo vai apresentar propostas para aumento de receita. 
 
 
 
 
Fonte: G1 12.09.2015
Gosto? Compartilhe com os amigos:
Share on Google Plus

Sobre o DJ Rodrigues

Acesse a Rádio: http://viberdjs.myl2mr.com/ ___ Acesse o Blog do DJ: http://viberdjs.blogspot.com/ ___ MIGRE NOTÍCIAS: A Notícia migrando e inovando cada vez mais...
Postar um comentário