Mulheres trocam dor por orgasmo na hora do parto


Foto: Divulgação/orgasmicbirth.com

A educadora e assistente de partos Debra Pascali-Bonaro contou no documentário "Orgasmic Birht" (nascimento orgásmico, em português livre) como seu trabalho, que transforma a dor de um parto em reações orgásmicas, ajuda as mulheres na hora de darem à luz. As informações são do "Mirror".

"Há uma grande separação na nossa cabeça entre nascimento e sexualidade, e as nossas crenças culturais ditam a preocupação com dor e medo", disse Debra ao jornal inglês.

A assistente afirmou que a prática do "nascimento orgásmico" tem que ser desassociada do erotismo, já que tudo tem a ver com reações fisícas e neurológicas ao estímulo. Debra explica que ao abrir o seu corpo para se preparar para o parto, a grávida libera a mesma oxitocina que usa na preparação para o orgasmo, e isso acaba gerando conforto à gestante.

"Então, falando em termos hormonais, é o mesmo critério para parto e para sexo. Considerando isso, o bebê está descendo e atingindo todos os locais que sabemos que dão prazer", completou.

Por trabalhar tanto no conforto das mães na hora do nascimento de seus filhos, Debra já observou casos em que a própria grávida tentava se dar prazer. "Já participei de um parto em que a grávida estava usando um vibrador", relatou.

Foto: Divulgação/orgasmicbirth.com

Mas apesar de tudo, Debra, que defende os direitos das mulheres, afirmou que sabe que a prática não é para todas, e que respeita o desejo da mãe em relação ao modo como ela prefere dar à luz ao seu bebê, seja por parto ou cesária eletiva.

Fonte: redetv 18.08.2015
Gosto? Compartilhe com os amigos:
Share on Google Plus

Sobre o DJ Rodrigues

Acesse a Rádio: http://viberdjs.myl2mr.com/ ___ Acesse o Blog do DJ: http://viberdjs.blogspot.com/ ___ MIGRE NOTÍCIAS: A Notícia migrando e inovando cada vez mais...
Postar um comentário